Jovens, meninas, talentosas, sonhadoras e crescendo a cada dia. Essa é a descrição de um grupo formado por três garotas que estão conquistando o seu espaço no Brasil e vivendo um sonho: BFF Girls.

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Na 12ª edição do Na Mira, levamos Bia Torres, Giulia Nassa e Laura Castro – as três vozes que saíram do The Voice Kids e fazem parte do BFF Girls – para um ensaio divertido em um parque de diversões indoor em São Paulo, o Hot Zone. As meninas falaram da trajetória, o amor pela música e principalmente sobre o sonho que estão realizando.

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Ana Beatriz Ferreira Torres é a mais novinha do grupo, ela tem apenas 14 anos, mas foi a primeira selecionada para ingressar na girlband. Seu amor por música vêm desde pequena, pois sua mãe é dona de uma escola de dança e Bia está sempre lá, ou seja, cresceu rodeada por arte.

“Eu sempre respirei arte na minha casa. A minha mãe é dona de uma escola de dança há 10 anos, e eu estou lá praticamente todos os dias, então é música o tempo todo. Histórias que foram se construindo dentro daquela sala que me fizeram ficar apaixonada por esse meio, e assim eu comecei a construir uma carreira em cima disso.” – Bia Torres

Seu nome ficou conhecido ao participar do The Voice Kids, em 2016, e chegar na semifinal do reality show. Ela cantava músicas com uma pegada mais MPB e samba, pois é apaixonada por música brasileira, mas sua grande influência é o grupo britânico Little Mix, e ela demonstra isso em suas redes sociais e com covers – inclusive, o grupo já gravou uma versão da música “Wings“.

“As minhas influências no programa era MPB e samba, o que amo até hoje porque faz parte da minha raiz e está na minha alma. Mas eu escuto muito pop internacional e a minha maior influência é a girlband Little Mix.” – Bia Torres

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Giulia Silveira Nassa nasceu com alma de artista. A jovem de 16 anos sempre fez atividades relacionada à arte: gostava de desenhar, pintar, atuar e dançar, mas o canto era algo que praticava no chuveiro. Percebeu que queria cantar profissionalmente ao assistir um musical com a sua família, o que criou esse sonho dentro da pequena Giu.

“Fui assistir o musical ‘Cats’ e tem uma música chamada ‘Memory’, cantada por uma mulher que tinha a voz poderosa, e eu fiquei encantada – foi o primeiro musical que assisti e a música era tão emocionante que falei ‘Eu quero cantar que nem essa moça’. Fiquei dias cantarolando, e chegou um que a minha mãe falou ‘Nossa filha, você sabe cantar’, e foi aí que tudo começou.” – Giulia Nassa

E graças a Deus ela conseguiu! Giulia é a roqueira do grupo, mas sempre foi fã de musicais, especialmente da Disney, então começou a fazer curso de teatro musical, violão e piano. Teve conhecimento do The Voice Kids pelo Facebook através das marcações que seus amigos faziam nas publicações, e acabou se inscrevendo.

“Eu cantava em show de talentos da escola e meus amigos começaram a me ouvir cantar. Então apareceu no Facebook que as inscrições do The Voice Kids estavam abertas, e todo mundo começou a me marcar, foi aí que pensei ‘Por quê não?’.” – Giulia Nassa

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Laura Castro Silva, 16 anos, entrou recentemente no BBF Girls e não podia ser diferente, a gata chegou arrasando! Ela começou a cantar muito pequenininha, essa sempre foi sua atividade favorita, e isso se tornou um sonho quando viu um clipe de uma das maiores cantoras do mundo, Whitney Houston.

“Eu gostava de cantar no karaokê, de brincar cantando com o meu pai, e deixou de ser uma brincadeira e passou a ser um sonho. Teve um dia que meu pai estava assistindo um clipe da Whitney Houston e eu falei ‘Quando eu crescer eu quero ser igual a essa mulher que você está assistindo’.” – Laura Castro

Ela ganhou um teclado e, aos 5 anos, começou a fazer aula de piano, de canto e se inspirar em grandes mulheres do cenário musical, como a Beyoncé. A Laura participou de uma edição diferente do The Voice Kids, a do ano de 2017, e posteriormente foi escolhida para ingressar no BFF Girls

“Me inspirei em Beyoncé, Whitney Houston, Etta James, Nina Simone, Christina Aguilera e Elis Regina. Com essas influências, estudo e esforço, a vida foi trazendo oportunidade incríveis, como o The Voice Kids, ao qual eu sou grata porque me abriu portas maravilhosas, e uma delas o BFF Girls. Eu estou mais do que feliz de estar fazendo parte de tudo isso.” – Laura Castro

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

O público tomou conhecimento da girlband quando elas assinaram com a gravadora Sony Music e lançaram o primeiro single, “BFF”, no começo de 2018. A música veio com direito a clipe e apresentando a proposta do grupo: amigas que se divertem enquanto realizam seus sonhos.

A ideia de juntar três garotas talentosas e divertidas foi criada antes mesmo do The Voice Kids. O produtor e empresário Mário Portela queria formar um grupo pop com esse nome, mas não sabia quem colocar, então a ideia ficou guardada na gaveta por um tempo. Ela voltou a ser desenvolvida quando Mário viu o reality show e decidiu fazer o grupo com crianças.

“A Bia foi a primeira a ser chamada e eu a terceira. A gente foi produzindo, formando a ideia até chegar na Sony e fazer as primeiras músicas. Tudo isso durou uns 2 anos e, no começo, eu estava muito curiosa porque eu nunca tinha cantado com outras pessoas.” – Giulia Nassa

“Desde que a Laura Castro chegou, foi tudo muito bem, aconteceram várias coisas e o tempo passou muito rápido. Tivemos uma conexão inexplicável, uma vibe de quem se conhecia há anos. Nós estamos muito felizes e tem muita coisa acontecendo.” – Bia Torres

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Um ano após o lançamento oficial do grupo, a equipe encontrou uma sagitariana sorridente e talentosa que se juntou à Bia e Giulia: Laura Castro. A gata é natural de Monterey, Estados Unidos, e já morou na França, ou seja, bem internacional. Ela é uma artista completa e fez aulas de teatro, piano, canto, circo e ballet.

“Fazer parte do BFF Girls foi algo muito doido. Foi uma surpresa quando elas me convidaram para entrar no grupo e a nossa conexão foi surpreendente. A gente se entende muito, somos como irmãs, então é algo mágico estar fazendo parte desse grupo.” – Laura Castro

“Deu aquele friozinho na barriga porque elas já tinham uma caminhada da qual eu não tinha feito parte, mas todo mundo me acolheu calorosamente – a Sony, nossa equipe, empresário, famílias – e eu me senti muito confortável. Estamos muito unidos sempre, então é uma sensação muito boa.” – Laura Castro

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

No início, o grupo fazia covers ao vivo e depois migraram para as plataformas digitais, inclusive em formato de videoclipe. Cada uma das meninas tem o seu gosto musical mas que se encontram de alguma maneira, e a seleção das músicas é tão variada que vai desde Shawn Mendes até NX Zero.

CURIOSIDADE: o segundo vídeo mais visto no canal do Youtube das BFF Girls é o cover que as meninas fizeram de “Havana”, da Camila Cabello.

“Fazemos uma lista de músicas que gostamos e que gostaríamos de cantar juntas, e é uma decisão coletiva: nós decidimos, as nossas famílias ajudam e a galera da Sony também. Buscamos fazer algo relacionado com as nossas identidades e que seja confortável.” – Laura Castro

“Gostamos de uma vibe mais antiga também, reviver algumas músicas é muito bom porque trazemos algo que fez muito sucesso e que as pessoas da nossa idade vão gostar de escutar.” – Bia Torres

“A divisão (de vozes) a gente faz com o nosso produtor, Jam, ele sempre procura valorizar a voz de cada uma em cada parte.” – Giulia Nassa

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

E em menos de um ano de lançamento do grupo, as meninas já estavam concorrendo em uma das mais importantes premiações nacionais, o Meus Prêmios Nick. Elas subiram ao palco para apresentar uma categoria cantando as músicas dos indicados e para receber o prêmio do “Youtuber Musical Favorito”. Ênfase: isso em menos de um anos de lançamento oficial do grupo.

“O Meus Prêmios Nick foi uma grande conquista, foi o primeiro prêmio que concorremos e o primeiro que ganhamos.” – Bia Torres

Alguns meses se passaram e mais uma surpresa para as meninas. Elas haviam sido indicadas ao Kids Choice Awards (isso mesmo que você leu, em uma premiação internacional) na categoria “Influencer Musical Brasileiro Favorito”. As BFF Girls viajaram para Los Angeles, participaram de uma festa da Nickelodeon e no dia seguinte… GANHARAM A PREMIAÇÃO! São sonhos e mais sonhos se realizando, que até nos dá esperança sobre os nossos próprios.

“Ficamos muito emocionadas só de saber que fomos indicadas, então o dia que ganhamos foi um dos melhores da minha vida. Muitas coisas aconteceram e foi uma realização que não fazia parte dos meus planos, mas sim dos meus sonhos.” – Bia Torres

“Eu vou usar essa palavra até fazer sentido: é INACREDITÁVEL o que foi o Kids Chocie Awards e o Meus Prêmios Nick. É inacreditável o que está sendo tudo isso que estamos conquistando. A gente assistia essas premiações quando pequenas e víamos nossos ídolos pela TV.” – Giulia Nassa

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

“Ganhar o Kids Choice Awards foi simplesmente surreal, principalmente pra mim, que acabei de entrar no grupo e já veio uma notícia boa dessas. Eu fico emocionada de pensar no carinho dos fãs, das pessoas que ficaram dia e noite votando. Temos muito a agradecer e dar o nosso melhor para que a gente continue fazendo os fãs felizes e eles continuem nos fazendo felizes  – Laura Castro

“Foi tudo graças aos nossos fãs e a nossa equipe que nos colocou lá. Todo mundo que trabalha com a gente, desde maquiadora, figurinista, o pessoal que faz café no estúdio, a galera dos vídeos, produtores, Jam, Umberto, Mário, a Sony, todo mundo. É surreal você falar ‘Fui para Los Angeles à trabalho’, é um sonho porque você só vê isso em filme.” – Giulia Nassa

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

E como todas as pessoas, as meninas também são fãs de diversos artistas, então imagina como foi estar em uma premiação gringa CHEIA de famosos do mundo inteiro, desde atores, cantores, influenciadores, atletas etc.

“A pessoa que fiquei mais feliz em ver foi o Adam Sandler, porque é por causa do filme ‘Juntos e Misturados‘ que tenho o sonho de ir para a África do Sul no meu aniversário de 15 anos.” – Bia Torres

“Além de ser ídolo, também somos fãs. Encontramos muita gente famosa, inclusive o Will Smith, e ele é basicamente uma lenda, nunca imaginei que estaria respirando o mesmo ar que ele. Eu chorei quando vi o Chris Pratt, porque ele faz ‘Guardiões das Galáxias’, e eu sou muito fã da Marvel, quadrinhos e heróis. A Joey King e o Noah Centineo estavam lá.” – Giulia Nassa

“Foi muito doido porque a gente começava a gritar do nada, tipo ‘Meu Deus eu não acredito que estou vendo tal pessoa!’. Eu fiquei muito feliz quando eu vi a Jennifer Hudson porque ela é uma diva pra mim.” – Laura Castro

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Elas são três meninas que estão vivendo um sonho ainda na adolescência, desde subir ao palco do The Voice Kids, lançar músicas e clipes, até mesmo livro e ganhar uma premiação internacional. Cada passo que elas deram, construiu o essência de cada uma e fez parte desse sonho que é o BFF Girls.

“Não tem outra palavra que define isso melhor do que ‘gratidão’. Cada passo na nossa história fez com que chegássemos até aqui e tudo que fizemos até agora vai determinar o nosso futuro. Mesmo sendo muito novas, já passamos por muitas coisas juntas, então podemos ver que o poder da união é algo forte e único para chegarmos onde estamos.” – Bia Torres

“Acho que de tudo isso que vêm acontecendo, a coisa que mais me choca é o quanto que a gente aprendeu em tão pouco tempo, o quanto amadurecemos e vivemos. Tivemos experiências que muitas pessoas de 50 anos ainda não tiveram, então tem que ter muita maturidade e saber conversar. Os nossos pais e a gravadora estão sempre ajudando em todas as decisões, a gente faz tudo com muito cuidado e carinho. É mágico você saber que tem pessoas que te apoiam, que estão lá para você, que trabalham com você e que estão te ajudando a seguir seu sonho.” – Giulia Nassa

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

“Eu gosto de pensar que estamos sempre em uma constante caminhada, a gente está aprendendo muito, e é uma caminhada que nunca vai ter fim. Sempre vamos encontrar novos caminhos, novas pessoas, novos aprendizados, então eu olho para trás com um olhar de muita gratidão a todo mundo que sempre fez parte da minha caminhada, todas as pessoas que sempre me ajudaram, me apoiaram a continuar seguindo esse caminho da arte.” – Laura Castro

“E o mais incrível é que eu posso dividir isso com outras pessoas que sentem o mesmo que eu. Estar junto com as meninas é a melhor coisa do mundo, porque elas sabem exatamente o que eu estou passando, como que é a sensação, o que a gente tem que fazer e o que estamos fazendo, então elas viraram minha família ao longo do tempo, a gente criou uma relação de amor muito forte. E é muito doido olhar para trás e ver o quanto a gente evoluiu e espero crescer cada vez mais.” – Giulia Nassa

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

“A dica que eu daria para outras meninas que tem o mesmo sonho, é que só você sabe o seu potencial. Peço que você não tenha medo de mostrar para outras pessoas, que você corra atrás dos seus sonhos se é isso que realmente quer, e não se assuste com a grandeza do mundo, porque se você acreditar, o mundo é todo seu.” – Bia Torres

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

O maior sucesso das BFF Girls foi “Meu Crush”, tendo mais de 60 milhões de visualizações no Youtube e se tornando o vídeo mais visto no canal das meninas. A música é um hit, é chiclete, fala de amor adolescente e o clipe tem uma pegada high school, ou seja, tudo que mais amamos. Diversos fãs já gravaram cover da canção, cantam alto nos shows e sabem até a coreografia do clipe.

“É muito doido você parar para pensar que as pessoas estão interessadas em gravar, cantar e escutar a sua própria música. Nunca paramos para pensar o quão grande e importante é na nossa carreira, sem dúvida é muito gratificante.” – Bia Torres

“Graças a Deus ‘Meu Crush’ foi um sucesso, porque foi um trabalho duro de todo mundo. Nos empenhamos para dar o nosso máximo e deu certo, porque os fãs gostam muito. É incrível ver as pessoas cantando a nossa música, a nossa mensagem, eles sabem as nossas coreografias, e cada vez mais eu vejo que é o que quero fazer da minha vida: tocar as pessoas com a minha mensagem, a minha música, porque assim elas conhecem antes a minha voz do que o meu rosto.”

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Não chegamos nem na metade de 2019, mas tem muita coisa ainda para acontecer esse ano, e as meninas nos deixaram um pouco – MUITO – ansiosos para os próximos passos das BFF Girls. Terá lançamento, terá cover, terão surpresas e o nosso coração não vai nem aguentar. Então se você é fã, não desgrude das meninas, pois a qualquer momento elas podem soltar uma novidade e viver a continuação desse sonho.

“Muitas coisas irão acontecer em 2019, a gente está vindo com tudo! Não podemos revelar muita coisa, mas não deixem de acompanhar, porque está vindo coisa boa por aí.” – Bia Torres

“Já vou avisando que é melhor você sentar, porque o nosso objetivo de 2019 é surpreender, crescer a nossa mensagem. Queremos que vocês dancem muito, cantem muito, queremos parcerias, shows, então 2019 pra frente será incrível. Estamos muito felizes!” – Giulia Nassa

“Esse ano com certeza vai vir muita coisa boa, a gente não pode contar nada ainda, e é muito difícil pra gente segurar. A gente ta trabalhando com muito amor, muito carinho, estamos muito ansiosas, empolgadas e a esperamos que vocês gostem da mesma forma que estamos gostando muito de preparar todas essas coisas.” – Laura Castro

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

Febre Na Mira/Mateus Aguiar | Hot Zone

NA MIRA – FEBRE TEEN: BFF Girls
Fotografia:
Mateus Aguiar (@mateusaguiar)
Entrevista e Matéria:
Leticia Annes (@le_annes)
Edição de Vídeo:
Karen Cesar (@karencesar_)
Captação de Imagem:
Felipe Leite (@felipeleitec)
Maquiagem:
Joyce Bitencourt (@joy_make_up_artist)
Stylist:
Ziza Figurinista (@zizafigurinizta)
Agradecimentos:
Hot Zone (@hotzoneoficial) & Sony Music (@sonymusic) & Achei No Ap (@acheinoap)